“A grande revolução nos ambientes de trabalho está em desenvolver soft skills de relacionamento. Isso é o bottom line das relações corporativas”. explicou Esther Perel. As mulheres deram o tom da ousadia das ideias no SXSW, em Austin. Em um momento em que pessoas, marcas e corporações buscam ampliar a qualidade – e a autenticidade – dos relacionamentos, as relações afetivas são como moldes para as relações sociais e de trabalho.

Confira trecho da apresentação:

Esther Perel: “A grande revolução nos ambientes de trabalho está em desenvolver soft skills de relacionamento. Isso é o bottom line das relações corporativas. Estamos vivendo conflitos em casa e nas relações de trabalho porque estamos aumentando a carga de expectativas no outro. Confiança é o fundamento para mudarmos o tipo das relações. No momento em que a tecnologia e a inteligência artificial avançam, a tecnologia afasta as pessoas. E os problemas de relacionamentos aumentam. Se quisermos mudar o próximo, diminuir a polarização, temos que começar a mudar a nós em primeiro lugar. As pessoas querem ser tratadas como seres humanos, estão carentes por atenção. As pessoas querem ser tratadas como pessoas, mas tratam os outros como robôs. A qualidade dos nossos relacionamentos determina a qualidade da nossa vida.”

Assista a palestra na íntegra!