Dois CEOs renomados – Meg Whitman e Jeff Katzenberger – apresentaram o novo Quibi. Ele tem 40 anos de praia em Hollywood (ex- Paramount e ex- Walt Disney Studios). Ela foi CEO da HP e do eBay. Hoje, são fundadores do Quibi – que pretende ser a Netflix do celular e revolucionar a forma de consumir vídeos na palma da mão.
Em poucos dias, a start-up arrecadou US$ 1 bilhão de investidores de peso como estúdios de Hollywood, grupos de mídia e o gigante Alibaba.

Importante tendência recorrente no SXSW, e que se concretiza no modelo de negócios do Quibi, é perceber que o storytelling, o que no Brasil tendemos a chamar de narrativa, pauta a tecnologia, e não o contrário.
Ou seja, a história vem antes da tecnologia.

Assista a palestra