A recente passagem do ex-presidente Barack Obama para participar de evento em São Paulo foi uma oportunidade para confirmar o status de pop star e o carisma que cercam o político. É comum ele impressionar plateias de CEOs experientes com seu magnetismo e talento nato.

Obama não só é um orador brilhante como é um exemplo-vivo de boas práticas de comunicação. Durante seus dois mandatos na Casa Branca, foi protagonista de muitos textos sobre a boa oratória, citado como exemplo de conduta de personalidades públicas e como sinônimo de inovação constante.

Ele sempre soube escolher estrategistas de primeira linha, mas sabe-se que se o porta-voz não é bom, marqueteiros não produzem milagres. Lembram do vídeo do Buzzfeed que viralizou mostrando que Obama, como qualquer ser comum, treina na frente do espelho? Sim, o líder do “Yes, we can”, treina e pratica bastante. Sempre esteve atento aos pequenos detalhes que fazem a diferença. No Brasil, os exemplos foram muitos. Agradeceu a escolta em SP e tirou foto com policiais militares. Perguntado sobre conquistas e arrependimentos de seus dois mandatos à frente dos Estados Unidos, brincou:

– Bom, eu me arrependo de nunca ter tingido os cabelos antes. Acho que agora é tarde para isso.

Momentos antes, com total desenvoltura, não esquecera de abordar muitos assuntos espinhosos da atualidade.

[+] Leia mais aqui

[+]  ”Things Everyone Does But Doesn’t Talk About.”